Acesse o Portal  do Ministério da Saúde
Acesse o Portal do Governo Brasileiro
 
Fale Conosco
Mapa do Site
Sites de Interesse
Perguntas Freqüentes
Escolha seu Perfil
Espaço Cidadão Profissional de Saúde Setor Regulado
DestaquesCadastre-se nos Boletins Eletrônicos da Anvisa
Em Questão - O Governo Informa (site da Presidência da República)
Licitação
 

 

Anvisa Divulga - Notícias da Anvisa: Diário e Mensal

Brasília, 2 de março de 2007 - 15h25
Produtos sem registro têm comércio suspenso

A Anvisa determinou a suspensão da fabricação, distribuição, comércio e uso de dois produtos sem registro. São eles: Guaratuaba Tônico – Suplemento Alimentar 100% Natural – Médici Mel, 200 ml, fabricado por Milys Indústria de Produtos Naturais, de Arapiraca (AL); e Ginkgo 80mg, fabricado por Selachii Indústria e Comércio, de Fortaleza (CE).

Também foi suspenso o comércio de todos os produtos sujeitos à vigilância sanitária fabricados pela empresa Fafisio Produtos de Beleza, de São João de Meriti (RJ). Os produtos não atendem às Boas Práticas de Fabricação e Controle de Produtos Cosméticos de Higiene Pessoal e Perfumes, exigidos pela Agência.

As suspensões foram publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira (2/3).

Medicamento

Em cumprimento à decisão judicial da 1ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, a Anvisa determinou, ainda, a suspensão da fabricação, distribuição, comércio e uso do medicamento Lifaltacrolimus, fabricado pelo Laboratório Industrial Farmacêutico Alagoas, de Maceió (AL).

O medicamento é utilizado para evitar rejeição em pacientes que passaram por transplante. A determinação foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (1/3).

Informação: Assessoria de Imprensa da Anvisa

 
Endereços Importantes
  Voltar Subir Imprimir  
Copyright 2003 - Anvisa