Acesse o Portal  do Ministério da Saúde
Acesse o Portal do Governo Brasileiro
 
Fale Conosco
Mapa do Site
Sites de Interesse
Perguntas Freqüentes
Escolha seu Perfil
Espaço Cidadão Profissional de Saúde Setor Regulado
DestaquesCadastre-se nos Boletins Eletrônicos da Anvisa
Em Questão - O Governo Informa (site da Presidência da República)
Licitação
 

 

Anvisa Divulga - Notícias da Anvisa: Diário e Mensal

Brasília, 6 de junho de 2008 -17h45
Denúncia leva a apreensão de produtos em feira de Brasília

Uma denúncia anônima encaminhada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) provocou, nesta sexta-feira (6), a apreensão de milhares de unidades de produtos sem registro vendidos na Expotché, feira de artigos típicos gaúchos que ocorre em Brasília (DF).

Fiscais da Anvisa e da vigilância sanitária do DF interditaram quatro estandes e recolheram medicamentos fitoterápicos, condicionadores, sabonetes, cremes corporais, raticidas, venenos mata-baratas e até massageadores comercializados irregularmente.

De acordo com o chefe da segurança institucional da Anvisa, Adilson Bezerra, os produtos apreendidos deverão ser encaminhados ao depósito da vigilância sanitária de Brasília e incinerados. “A saúde do consumidor corre grande risco ao utilizar esses produtos, que não passaram pelos testes de eficácia e segurança feitos pela Anvisa. O uso inadequado pode causar desde uma simples alergia até a morte”, explica.

Adilson Bezerra acentua que estabelecimentos que comercializam produtos sem o devido registro na Agência cometem infração sanitária. Dentre as penalidades, há a possibilidade de multa entre R$ 2 mil e R$ 1,5 milhão, além da interdição do local.

Informações: Ascom/Assessoria de Imprensa da Anvisa

 
Endereços Importantes
  Voltar Subir Imprimir  
Copyright 2003 - Anvisa