Apresentação Legislação Perguntas frequentes Gestores dos Sinais Fale conosco Página Inicial
Apresentação
     
  O conhecimento sobre o comportamento das Infecções Relacionadas à Assistência em Serviços de Saúde (IRAS) é imprescindível para a redução e o controle deste agravo. Seu monitoramento demanda padronização dos critérios diagnósticos e dos métodos de vigilância epidemiológica, tempo de dedicação e capacitação dos profissionais das Comissões de Controle de Infecções dos Hospitais (CCIH) brasileiros, dos Estados (CECIH) e dos Municípios (CMCIH).

O Sistema Nacional de Informações para Controle de Infecção em Serviços de Saúde - Sinais é uma iniciativa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa, que tem o objetivo de oferecer aos gestores de saúde e hospitais brasileiros um instrumento para aprimoramento das ações de prevenção e controle das infecções relacionadas à assistência à saúde.

Esta ferramenta pretende consolidar o sistema de monitoramento da qualidade da
assistência dos serviços de saúde no Brasil. O Sistema permite a entrada de dados e emissão de relatórios em uma rotina de trabalho que acompanha as atividades já desenvolvidas pelas CCIH do país.

A análise dos indicadores, obtidos de forma rápida e eficiente, permitirá a compreensão abrangente, ao mesmo tempo detalhada, do comportamento das infecções relacionadas à assistência e do impacto das medidas de controle adotadas.

O diretor do hospital ou pessoa delegada por ele é responsável pelo preenchimento do cadastro do Hospital e pelos dados inseridos no Sinais, assim como pelo envio periódico dos mesmos para a Anvisa.

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar - SCIH das instituições alimentará um Banco de Dados Nacional, via internet, favorecendo o cumprimento do estabelecido na Portaria nº 2.616/98, reduzindo o fluxo de papéis e possibilitando aos profissionais de controle de infecção e gestores a obtenção das informações tabuladas e discriminadas por características específicas dos Serviços.

Além de indicadores de infecções relacionadas à assistência, o Sinais permitirá acompanhamento da tendência de resistência de microrganismos aos antimicrobianos e a identificação de surtos, com possibilidade de atuação tempestiva, priorização de ações e direcionamento de recursos respeitando as necessidades locais dos gestores e dos serviços de saúde de sua região.

O planejamento do Sinais incorporou a proposta da Universalização das Informações do Paciente criada pelo Ministério da Saúde. Como perspectivas futuras, tendo como base os conhecimentos gerados pela alimentação do SINAIS, será possível a revisão das legislações brasileiras vigentes e da estrutura atual de organização das Comissões e Serviços de Controle de Infecções do país e investir na qualificação dos profissionais que atuam nos serviços.

O uso do programa é gratuito e a sua implantação pelos hospitais do país é uma ação de grande importância para o efetivo controle de infecções hospitalares, possibilitando a consolidação do sistema de vigilância da qualidade dos Serviços de Saúde no Brasil.

 
Cadastro-hospital Transmissão de dados Consulta web Versão demosntrativa Manual dos Sinais