A falsificação de produtos de consumo é um problema que tem preocupado as autoridades na área de saúde em todo o mundo.
Aqueles que falsificam drogas medicamentosas não lesam apenas simples consumidores: negam às pessoas doentes o direito à terapias que podem aliviar males e, principalmente, salvar suas vidas.

Em paralelo a todas as ações de combate realizadas pelos setores público e privado, o tema também exige iniciativas de caráter preventivo, para que os cidadãos, que são as maiores vítimas deste tipo de delito, façam parte neste processo de combate à este crime.

A orientação ao cidadão é fundamental para que ele tenha meios de verificação da autenticidade do produto e garantir assim o acesso a medicamentos seguros, eficazes e de qualidade.
 
  › Cronograma de Atividades