Módulo 1
Introdução
Propriedades
  Farmacocinética
Tratamento
Comunitárias
Antimicrobianos - Base Teóricas e Uso Clínico

IV. Profilaxia antimicrobiana

2. Odontologia - profilaxia antimicrobiana na prática odontológica
2.2. Indicação da profilaxia

A profilaxia antimicrobiana está indicada para pacientes com as seguintes cardiopatias:
A. Cardiopatias classificadas em alto risco para endocardite:

  • portador de prótese de valva cardíaca;
  • valvulopatias;
  • endocardite prévia;
  • doença cardíaca congênita cianótica;
  • derivações sistêmico-pulmonares construídas cirurgicamente;
  • comunicação interventricular não corrigida;
  • disfunção valvar adquirida (ex: doença cardíaca reumática).

B. Cardiopatias classificadas em risco moderado para endocardite:

  • maior parte das outras malformações cardíacas congênitas (além das citadas);
  • cardiomiopatia hipertrófica;
  • prolapso de valva mitral com regurgitação valvar e/ou folhetos espessados;
  • degeneração valvar

A profilaxia da endocardite não é recomendada nas seguintes cardiopatias:

  • comunicação intra-atrial isolada;
  • comunicação interventricular ou comunicação inter-atrial ou persistência do ducto arterioso corrigidos cirurgicamente;
  • cirurgia anterior de revascularização miocárdica;
  • prolapso da válvula mitral sem regurgitação valvar;
  • sopros cardíacos fisiológicos ou funcionais;
  • marcapassos cardíacos.
Atenção!
Indivíduos com risco de desenvolver endocardite infecciosa devem estabelecer e manter a melhor saúde oral possível.
« voltar 1 | 2 | 3 | 4 » seguir
                                      ATMracional, 2008